Traços de Valor

Há algumas décadas, bastava viajar para a Europa, tirar centenas de fotos e ter um bom modelista para “tirar” os modelos.  Algumas empresas faziam isso muito bem e cresceram rápido. Com um custo apropriado e uma mão de obra que rapidamente aprendeu o ofício, nasciam com força grandes indústrias de calçado no País.

Como a complexidade aumentou, um novo profissional começou a surgir: o estilista de calçados. Primeiramente, ganhou a confiança do patrão, que costumava viajar e “fazer” a coleção, e depois teve que formar uma dupla com o modelista, que acabou dividindo a responsabilidade da criação. Os polos especializados começaram a ganhar força e os estilistas começam a ousar um pouco mais, colocando suas ideias a prova do calce das ruas. Alguns estilistas da época são lembrados até hoje. Foram grandes profissionais e ensinaram o ofício a muitos aprendizes.

Mudanças

Mas a incansável máquina chamada vida não para de produzir mudança, e ela resolveu acelerar. Parece que todos os elos desta cadeia resolveram mudar ao mesmo tempo. Fornecedores, indústria, representantes, varejo, compradores e consumidores finais. Todos receberam uma carga elevada de informação e um aumento do nível de responsabilidade por seus atos, frente a um mercado que faz você competir primeiramente com você mesmo, baseado no desempenho de ontem, e depois com outras empresas e profissionais. Não basta mais ser bom no que se faz.

Os atributos funcionais, as descrições de benefícios, não mais sustentam os diferenciais necessários para o sucesso no que se cria. Aqueles aprendizes de estilistas agora são responsáveis por coleções em um ritmo frenético. Errar em uma coleção não é aceitável. Com tanta responsabilidade, o medo cresce, e com ele a ousadia balança.

Não esquecendo que sempre se deve fazer um produto bem feito, para melhorar a distinção das propostas, o canhão de investimento migra para a ponta, onde estão as marcas. Investir no intangível, na sua história, na defesa de valores que injetam vida a uma logomarca, virou fator crítico. E, com isso, chegamos aos dias de hoje. Algumas tendências buscam o passado para propor aos seus clientes uma lembrança de dias mais calmos. A nostalgia ganha força. As referências do passado se misturam e se complementam.

Tendências

O que era “a tendência” agora virou “as tendências”. E são muitas. As gerações atuais de estilistas saem dos bancos acadêmicos com uma ampla bagagem cultural, formado pelas visões multiscreen, pelas potentes redes de networking digital e por conexões de informações que chegam tão rápido quanto é a sua habilidade de mover a próxima tela com o dedão, enquanto tomam uma caneca de chá. Esta geração está se entendendo com aqueles antigos jovens aprendizes dos primeiros estilistas, marcados pela experiência vivencial de fazer, de olhar, de experimentar e de saber o que pode ou não funcionar apenas cheirando uma forma de sapato.

Nova indústria

Este entrosamento talvez demore um pouco, mas acredito que destas reinvenções, fusões de métodos e gerações, possa nascer uma nova indústria do calçado nacional. Para retratar o ambiente atual dos estilistas de marcas que valorizam uma proposta de design, que criei juntamente com a estilista Melissa Sant’Ana, o projeto Traços de Valor. Ele irá retratar, na forma de um livro a ser lançado na próxima Couromoda, os criadores, os ambientes de criação e os métodos utilizados.

Missão

Dizem que existem alguns loucos que se olham no espelho e se acham normais. Em seis meses iniciamos e vamos concluir um livro bilíngue com a missão de fortalecer a proposta de design de calçados nacional. Somos loucos, mas não estamos sós. Cada um dos estilistas que entrevistamos também o são. E nesta loucura apaixonante que é a moda de calçados brasileira, com coragem e traços de valor, nasce mais um sapato para ganhar as ruas do mundo. Made in Brazil, baby! Com orgulho.

Gustavo Campos

Idealizador do Projeto Traços de Valor

OBS.: Este texto foi originalmente publicado no Jornal Exclusivo de 18 a 30/11/2014

Fonte da imagem: http://www.freeimages.com/browse.phtml?f=download&id=1183862

TAGS: